98

A Reforma da Previdência e o impacto na vida do Brasileiro.

Você é autônomo ou tem renda maior que R$ 5.531,31 mensais? Se a resposta for sim, esse texto é para você. Todos temos acompanhado um grande debate político em torno desse assunto. Em um momento conturbado por nossas lideranças políticas, a população não sabe em que acreditar. A reforma é boa ou não? As informações divulgadas são reais ou não? Toda essa dúvida gera uma grande insegurança.    Com base nos gastos de nosso governo, podemos ter certeza da necessidade da Reforma. Hoje, a maior fatia, após pagamentos de juros da dívida, fica com gastos previdenciários, prejudicando áreas como saúde, educação e segurança pública. E o que isso tem a ver com nossa vida pessoal? A reforma deve acontecer em 2019 e aqueles que planejavam a aposentadoria tranquila aos 55 anos já começam a se preparar para um maior tempo de trabalho e contribuição. Fato comum em todos os países desenvolvidos.

Quem possui rendimentos superiores ao teto do INSS tem razão adicional para se organizarem financeiramente e começarem sua própria previdência. Sabemos que o máximo a receber, nos dias de hoje, é R$ 5.531,31. Sua renda é maior do que isso? Não queremos diminuir nosso padrão de vida no melhor momento da vida e, para isso, precisamos poupar e aplicar com eficiência.

A conta é simples: quanto antes começar, menor será o valor que precisarei guardar mensalmente. Vejamos que, além disso, se procurarmos assessores de investimentos, o resultado será melhor ainda. Utilizando uma calculadora hp12c, podemos colocar uma aplicação mensal de R$ 500,00, por 30 anos, com uma taxa de 0,48% a.m (taxa da poupança), obtemos um resultado de R$ 479.808,35 – bom rendimento. Se obtivermos uma taxa melhor, via corretora, de 0,70% a.m, o resultado será de R$ 808.568,78, em um mesmo perfil de aplicação. Não sei você, mas eu prefiro a segunda opção. Cada um deve saber quanto quer ter de aposentadoria e passar a se organizar.

Conte com um assessor de investimentos e seja o comandante da sua vida financeira.

Autor: Diego Horst

Recomendações:

Diego Horst 08 de março de 2018 AposentadoriaBancosCDICorretorasCréditoCursosFundo de InvestimentoGerente de BancoInvestimentosJurosLiquidezMercadoPGBLPrevidênciaRiscoTaxa Selic

Artigo por

Nasci no Rio Grande do Sul, mudei para Goiás em 1998. Sempre gostei da área financeira e investimentos e por essa razão decidi cursar Economia. Me formei em Ciências Econômicas na UEG de Anápolis, sou especialista em Gestão Empresarial pelo Senac/SP e estou cursando um MBA em Gestão do Agronegócio pela FGV. Após algum tempo de trabalho decidi juntar minhas duas paixões: investimentos e empreendedorismo. Hoje sou sócio da LHx Investimentos. Frase preferida: "Se você não está disposto a arriscar, esteja disposto a uma vida comum" – Jim Rohn, empreendedor

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Não existem comentários
Informe seu e-mail para receber as novidades