149

Leitura de Fluxo: a lógica do ilógico Mercado de Capitais

Surfando pela internet e pelos cursos “OnLine” voltados para “day traders” achamos inúmeras técnicas que podem ser utilizadas para se ter lucro em operações na Bolsa. Indicadores, padrões gráficos, “Price Action” e o famoso “Tape Reading”.

Mas o que será esse tal de “Tape Reading”? É de comer ou de passar no cabelo do Neymar Jr?
A tradução literal de “Tape Reading” é leitura de fita, mas hoje usamos o termo leitura de fluxo de ordens.
Isso se iniciou em 1867, quando uma máquina de telégrafo foi instalada na Bolsa americana para “imprimir” os negócios que eram realizados. Logo, as corretoras e bancos começaram a observar aquela pequena fita para acompanhar quem estava comprando ou vendendo os ativos e a que preço os negócios estavam acontecendo. Galerinha esperta, hein?!
Mas e daí? Qual a vantagem disso?

Essa técnica permite observar os passos dos grandes do Mercado, levando a uma tomada de decisão mais rápida e assertiva.
Acompanhando o “Book” de Ofertas e o “Times and Trades” (livro de negócios), conseguimos visualizar grandes bancos e corretoras movimentando o preço e, obviamente, escolhemos o lado deles pra ganhar dinheiro. Nada de bancar o herói e querer segurar o Mercado sozinho no peito, ok? O bom é ser cruel e implacável, já que normalmente nesses casos o que está caindo vai cair mais e o que está subindo vai subir mais ainda!
Existe uma máxima que diz que não se deve operar contra a tendência. Concordo com ela. Mas tem uma mais forte ainda: Nunca se deve operar contra o fluxo! É pedir pra perder.

Gosto de usar a seguinte metáfora:
Imagine uma guerra totalmente vencida. O rei inimigo está sentado no trono, com as pernas pra cima e comendo o banquete do dono do castelo, de mãos dadas com a rainha inimiga. De repente você pode escolher entre o exército vencedor e o que foi dominado. Quem em sã consciência vai achar que pode expulsar todo mundo de dentro desse castelo sozinho? Isso aqui não é filme de ação, é vida real e as decisões erradas podem custar caro! Chegue mais perto, aproveite a festa da vitória, escolha o lado de quem está vencendo e ganhe um “dindim” fácil. Não tem nada de errado nisso.
Quem faz leitura de fluxo entra em uma operação antes de quem opera por “Price Action”, que entra antes de quem olha padrões gráficos, que entra antes de quem usa indicadores.
Simples assim.

Por que ser o último da fila se podemos ser os primeiros?
Aprenda “Tape Reading”, acompanhe os grandes players da Bolsa e seja feliz…

Autor: Frederico Carvalho

Recomendações:

Frederico Carvalho 19 de julho de 2018 Assessor de InvestimentosFundo de InvestimentoInvestimentosMercado

Nasci em 1980, filho único, “semi-mimado” (se é que isso existe). Formado em Odontologia em 2002 e, após 8 anos de trabalho como dentista, resolvi mudar os rumos da minha vida e focar totalmente nos meus Trades e no Mercado de Capitais. Óbvio que não foi simples abandonar uma carreira de tantos anos, pacientes, clínica etc. Mas agradeço todo santo dia por ter tido essa coragem e, graças a ela, consigo acordar feliz todo dia e ter o privilégio de fazer o que realmente amo. Hoje, além de trader, sou coach de traders e investidores e isso me proporciona construir novas histórias e vidas de sucesso. Comecei no Mercado em 2006 e, sinceramente, não pretendo me aposentar. Tenho MBA em Mercado de Capitais e formação em Coaching Financeiro e Profissional. Frase preferida: “Faça sua parte, faça o que você acha certo, o importante é estar bem consigo mesmo sem prejudicar ninguém” – Clayton Cleze

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Não existem comentários
Informe seu e-mail para receber as novidades